Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Presidente da Câmara, prefeito de Gurupi e comandante do 4º BPM discutem execução do projeto “Olho Vivo”

Presidente da Câmara, prefeito de Gurupi e comandante do 4º BPM discutem execução do projeto “Olho Vivo”

por Ascom publicado 03/09/2019 15h17, última modificação 03/09/2019 15h17
A instalação do sistema integrado de monitoramento de segurança em Gurupi deve iniciar nos próximos 30 dias. A primeira reunião para decidir a data de lançamento aconteceu na manhã desta terça-feira,03.

Por Josy Donato-Ascom/CMG

O presidente da Câmara de Gurupi, vereador Wendel Gomides (PDT) junto com o líder da bancada do prefeito vereador Ivanilson Marinho (MDB) estiveram reunidos com o prefeito Laurez Moreira (PSDB) e o comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar de Gurupi (4ºBPM), Coronel Jaime Porfírio na prefeitura de Gurupi onde decidiram a data de lançamento do projeto para a instalação das câmeras de segurança e sala de monitoramento.

“No dia 05 do próximo mês (outubro) vamos entregar os equipamentos para a Polícia Militar (PM) que é responsável pela execução desse projeto que vai garantir mais segurança para a nossa cidade”, disse o prefeito.

Denominado “Olho Vivo” o projeto é uma parceira do Governo Estadual por meio da PM com a prefeitura de Gurupi. No último dia 13 do mês de agosto, a Câmara Municipal aprovou por unanimidade a proposta de Lei (34/2019) para autorizar que o executivo municipal doe as câmeras de monitoramento, computadores e acessórios necessários para a instalação do sistema de segurança.

“Nesta primeira etapa iremos instalar câmeras em 16 pontos estratégicos da cidade e este processo deve iniciar em 15 dias depois que recebermos os equipamentos cedidos pela prefeitura”, afirmou o comandante do 4ºBPM.

Ao todo o projeto prevê a instalação de cerca de 90 câmeras, com investimento estimado em cerca de 150 mil reais para a instalação de todo o projeto que deve ser divido em três etapas até a conclusão. As câmeras serão monitoradas pela PM. “Com certeza esse sistema de monitoramento vai proporcionar a comunidade gurupiense mais segurança, contribuindo também com a ação da polícia na investigação e também combate aos crimes”, comentou Gomides que é também autor do requerimento que solicitou a instalação das câmeras.