Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Vereadores falam sobre possível afastamento da presidente Dilma

Vereadores falam sobre possível afastamento da presidente Dilma

por Ascom publicado 11/05/2016 14h32, última modificação 11/05/2016 14h32
Vereadores falam sobre possível afastamento da presidente Dilma

Divulgação


Por: Heliana Oliveira 


O possível afastamento da presidente Dilma Roussef (PT) foi um dos temas debatidos na câmara de vereadores de Gurupi na sessão desta quarta-feira, 11. O primeiro a usar a tribuna foi o vereador Jonas Barros (PV) que já comemora o afastamento e destaca que o país está mais feliz com a possibilidade de um novo presidente. Segundo ele, a presidente Dilma não tem mais condições de ficar à frente do governo, ideia compartilhada pela vereadora Marílis Fernandes que também destacou que Dilma “não tem moral para governar o Brasil”.

O vereador petista, Cabo Carlos, disse estar de luto e ressaltou as conquistas do governo do PT como as políticas de inclusão social e de habitação. Segundo ele, está havendo um desrespeito à democracia com essa tentativa de tirar uma presidente eleita pelo voto popular.

O vereador Ivanilson Marinho (PMDB) deixou um questionamento se um processo contra o vice-presidente Michel Temer, porque segundo vereador, ele também deve ser afastado porque assinou os atos com a presidente, ocorrerá com tamanha celeridade como no caso da presidente.

O vereador Zé Henrique (SD) disse que a situação alega ser um golpe o que está acontecendo, porém, segundo ele, golpe é o que a população passa com a tamanha corrupção, com desemprego entre outros problemas. Ele disse que 78% da população quer o afastamento da presidente. “Ela deveria ter humildade de assumir que mentiu para o povo e renunciar ao mandato”, enfatizou.